As Próteses de Silicone dificultam o diagnóstico do Câncer de Mama?

Muitas mulheres que optam por colocar próteses de silicone se preocupam se poderão fazer um rastreamento adequado do Câncer de mama.

A resposta é sim.

A partir dos 40 anos, a mulher que já foi operada deve ser submetida à Mamografia – é feita uma manobra em que é possível fazer o exame, deslocando-a para trás.

A Ultrassonografia e, em alguns casos, a Ressonância, são solicitadas para ver se há alteração na mama e também averiguar a integridade da prótese.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no twitter
Twitter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Agendar Consulta