Doenças Benignas do Homem

Ginecomastia | Lipomastia

Doenças Benignas do Homem:

Ginecomastia

A Ginecomastia é o crescimento benigno da glândula mamária no homem. Na maior parte dos casos é uma condição que não representa doença e é transitória, porém uma investigação clínica aprofundada é necessária muitas vezes para descartar doenças.

Essa condição ocorre por um desequilíbrio entre a concentração de estrogênio e testosterona livre circulante.

Dos casos de ginecomastia, 25% não têm causa definida.

Das ginecomastias da adolescência, 50% desaparecem dentro de um ano, 75% em até dois anos e, dentro de 3 anos, 90% dos pacientes apresentam remissão espontânea; portanto, as indicações cirúrgicas devem seguir critérios muito objetivos. Os outros dois picos de incidência ocorrem nos recém-nascidos e na velhice.

Elas podem ocorrer devido a medicamentos, maconha, heroína e álcool; doenças, como doenças do fígado, insuficiência renal, desnutrição, tumores de hipófise, suprarrenal, pulmão, testículos, hipertireoidismo, orquite, entre outros.

O tratamento consiste em resolução da causa primária. Em adolescentes, a conduta deve ser aguardar, uma vez que na maioria dos casos ocorre regressão espontânea. O tratamento cirúrgico pode ser considerado nos casos de desconforto social e psicológico. O medicamentoso é controverso, pois a medicação feita aumenta eventos tromboembólicos.

Saiba mais sobre “Distúrbios de mama no homem“.

Lipomastia

A lipomastia é o acúmulo de gordura na região do tórax por trás da aréola e do mamilo. Muitos pacientes confundem essa condição com a ginecomastia. Nesse caso, não há aumento da glândula mamária e a cirurgia tem um propósito diferente. É necessário perda de peso e, eventualmente, lipoaspiração, realizada pelo Cirurgião Plástico.